Instabilidade dos patches afeta processadores mais recentes, admite Intel

Poradmin

Instabilidade dos patches afeta processadores mais recentes, admite Intel

Afinal não são só as gerações mais antigas de processadores a ser afetadas pelas atualizações de firmware emitidas pela Intel

A Intel já havia reconhecido a semana passada que os processadores mais antigos estavam a sofrer de alguma instabilidade devidos aos patches de segurança para as vulnerabilidades Meltdown e Spectre, mas agora admite que processadores mais recentes, nomeadamente Skylake (6ª geração) e Kaby Lake (7ª geração), também estão a ser afetados, à semelhança do que acontece com os processadores de 2ª e 3ª geração (Sandy Bridge e Ivy Bridge), com ‘reboots’ frequentes.

O reconhecimento surge num comunicado onde o fabricante indica que as atualizações de firmware já foram emitidas para 90% dos processadores lançados nos últimos cinco anos.

No início da semana passada a Intel reportava que havia clientes a comunicar reboots inesperados de forma recorrente em PCs e servidores com processadores de 4ª e 5ª geração (Haswell e Broadwell, respetivamente).

Deste modo, só os processadores de 1ª geração estão isentos destes problemas, juntamente com os mais recentes, os de 8ª geração.

A Intel refere que já está a recorrer a testes internos com o objetivo de replicar estes problemas e de os solucionar, identificando a origem. Fabricantes e developers de software vão receber na próxima semana um patch beta, para teste.

Sobre o autor

admin administrator

Deixar uma resposta